Empresas europeias aumentam investimento na China após a COVID-19

As empresas europeias têm registrado uma participação maior no mercado chinês do que em outras regiões, e estão aumentando os investimentos no país após sua rápida recuperação da pandemia de COVID-19 no ano passado, de acordo com a Bloomberg.

A proporção de empresas europeias que planejam expandir as operações na China em 2021 saltou de 51% no ano passado para quase 60%, segundo pesquisa da Câmara de Comércio Europeia.

Cerca de metade dos 585 entrevistados relataram margens de lucro mais altas na China do que a média global, enquanto a proporção foi de 38% no ano passado.

Além disso, 73% dos entrevistados relataram lucro no ano passado, com outros 14% atingindo o ponto de equilíbrio. Os números ficaram quase no mesmo nível dos anos anteriores, apesar da interrupção da pandemia, refletindo a rápida recuperação da economia chinesa. A resiliência do mercado da China forneceu o abrigo necessário para as empresas europeias em meio à pandemia de COVID-19.

Fonte: AXN

Deixe uma resposta