Instituto SENAI de Inovação e empresa de Mato Grosso desenvolverão tinta Anti-Covid

Uma tinta capaz de mitigar a transmissão do coronavírus é a nova proposta da indústria mato-grossense Maxivinil, que receberá mais de R$ 500 mil da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) para desenvolver o produto.

O recurso foi obtido por meio de uma proposta aprovada no Edital de Inovação 02/2020 – Soluções Inovadoras para o combate ao Covid-19. O projeto, elaborado em parceria com o Instituto SENAI de Tecnologia de Mato Grosso, visa desenvolver uma tinta com características antivirais, que poderá ser aplicada em áreas industriais, domésticas e principalmente hospitalares.

De acordo com a gerente de projetos da Maxvinil, Fernanda La Rosa, se a eficiência da tinta for atingida, a empresa deverá comercializá-la tanto no mercado interno quanto no externo. “É gratificante poder contribuir com o desenvolvimento de um produto antiviral que poderá combater o coronavírus e melhorar a vida das pessoas”, disse.

A coordenadora de Inovação do ISI/MT, Elena Paiva, explica que o objetivo é obter um produto de qualidade certificável, que seja de fácil aplicação e tenha durabilidade. “O Instituto atuará como parceiro tecnológico da empresa, prestando serviços de inovação, desenvolvimento de novas tecnologias de produtos, realizando pesquisa e apoiando no desenvolvimento do projeto de inovação aprovado”, afirma Elena.

Para isso, o Instituto prestará serviços como a definição de aditivos antivirais promissores, realizará experimentos pilotos, apoiará no planejamento do mercado e a elaboração da documentação para patente em órgão regulador.

“Sempre tivemos uma experiência muito positiva com o SENAI. Eles possuem um corpo técnico muito qualificado e contribuem para atingirmos o melhor resultado. Esse foi o primeiro edital que participamos e a proposta foi formatada junto com os consultores do ISI. Por isso, ele será o nosso parceiro até o fim desse projeto”, afirmou Fernanda.

*Informações Agência Brasil de Notícias
Foto: Divulgação

Deixe uma resposta